A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Múmias que os partam! O radinho nos salvou!

Todo mundo aqui está careca de saber que a Copa das Confederações é encarada por este blogueiro de plantão como uma espécie de "torneio-início", uma pré-temporada, em que a Seleção Brasileira tem a chance pra lá de rara - nesses quase 4 anos - para se conhecer efetivamente e se preparar para a Copa do Mundo.

Mas, vamos combinar: a gente não admite que a Seleção Brasileira jogue mal nem numa partida no vídeo game!

Esclarecimentos à parte, vamos ao que interessa...

O Egito, até hoje, era um ilustre desconhecido para o escrete canário.

E acabou por ser uma agradável surpresa, ao menos pra mim!

Uma seleção de futebol ofensivo, sem medo de ser feliz.

Kaká, logo no início da partida, fez um baita golaço.

Mas Zidan (prestaram atenção no nome...), sem perder tempo, usou a cabeça para deixar tudo igual.

De cabeça também foram os gols de Luis Fabiano e Juan, ainda no primeiro tempo, estabelecendo o placar de 3 a 1.

A felicidade momentânea e a empolgação causaram a ilusão de uma goleada brasileira.

Mas, não...

O Egito voltou com tudo no segundo tempo.

Shawky e Zidan (de novo ele...), além de jogarem o 'sonho' brazuca no ralo, nos deixou com receio da virada!

Já pensou o Egito virar para 4 a 3 um jogo que estava em 3 a 1?

Já não seria mais sonho e, sim, um pesadelo!

O relógio corria apressado, sem dó...

43 minutos... Lúcio, dentro da área, chuta e Al Muhamadi, com o braço, evita o gol brasileiro.

Lúcio protesta, o árbitro inglês, Howard Webb, inicialmente resiste, mas, minutos após, comunicado pelo rádio sobre a penalidade, expulsa o zagueiro do Egito e assinala o pênalti para o Brasil.

Kaká cobra e garante um 4 a 3 suado, como nunca esperado diante do Egito.

Resultado que, a partir de agora, nos deixa com o sinal de alerta mais do que ligado, para os duelos com os EUA e, claro, a Itália!

12 comentários:

  1. O Brasil se complica com cada jogo!!! Um jogo que parecia fácil acabou nesse salseiro todo.

    Quero só ver contra a Itália...

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Caramba, quase heim? foi por pouco, levar sufoco do Egito é dose, tem que melhorar urgente. abraço.
    Saudações do Gremista Fanático

    ResponderExcluir
  3. Pois veja só, no sufoco a vitória veio por sorte.

    Como dizem não tem mais time bobo no futebol de hoje em dia.

    Abç PP

    Sds. Celestes
    Carlão Azul
    Sou Cruzeirense Blog // Sou Cruzeirense Site ***** acessem e comentem

    ResponderExcluir
  4. No futebol de hoje há muito disso, Uelton! Surpresas atrás de surpresas! Abs, PP

    ResponderExcluir
  5. Principalmente na marcação, Junior. Parecia avenida! abs, PP

    ResponderExcluir
  6. Não tem time bobo, MESMO, Carlão! Abs, PP

    ResponderExcluir
  7. Fala PP parabens aos destaques do jogo, o Zidan, o numero 10 egipicio que não sei o nome dele e ao heroi do Brasil o radinho.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Não sei o que acontece com o Egito. Joga bem - como na última CAN - e faz campanhas pífias nas eliminatórias e fica fora de Copas. É um time diferente dos da África Negra. Não correm tanto, cadenciam mais o jogo e tem jogadores mais técnicos com a bola no pé, casos de Zidan, Aboutrika e Hosny, por exemplo. El Hadary é um dos melhores goleiros do continente também.

    E se aproveitando das falhas no miolo de zaga, jogou como gente grande. Infelizmente, a muitos da TV aberta, falta preparo de se prestar a conhecer outros times fora do "mainstream" do futebol mundial.

    Em tempo: Kléber e GS jogando um futebol medonho, enquanto Robinho é só nome, infelizmente.

    ResponderExcluir
  9. É verdade, tem que jogar bem sempre! rs
    Pra mim, esse time não é o melhor possível, mas ainda tem tempo.. Espero que mude antes da Copa do Mundo.

    E o jogo foi bom. E eu pensei que seria fácil... rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. É, Sena! Radinho campeão! rs Abraço, PP

    ResponderExcluir
  11. André, concordo em número, gênero e grau. Pra se saber do futebol africano, infelizmente, é só na TV paga. Abs, PP

    ResponderExcluir
  12. Eu também acreditei nessa tal facilidade, Anninha! Me lasquei! rs Beijoca, PP

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto