A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Internazionale, recuada, vai pra final



Desculpe-me o leitor deste blog, mas, o que vimos a pouco no Camp Nou não foi um jogo de futebol.

A Internazionale, a fim de manter a vantagem de 2 gols conquistada no Giuseppe Meazza, ficou totalmente retrancada, a espera do Barcelona, de Lionel Messi.

Poucas foram as oportunidades criadas pela equipe italiana, aniquilada constantemente pelos espanhóis.

A sorte da Inter foi o excesso de erros no chamado último passe feito pelos atacantes catalães.

Quando havia o acerto, Júlio César atuava como um verdadeiro paredão.

Fora isso, um pecado capital: o segundo gol do Barça, feito por Bojan, foi anulado sem ter motivo para isso.

A bola bateu no braço de Yayá Touré, não o contrário.

Se o jogador Blaugrana tivesse tocado a bola com a mão, como naquele clássico exemplo dado por Thierry Henry, que eliminou a Irlanda da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, aí, sim, a anulação do lance seria coerente.

Mas, vamos lá...

Em Madrid, a Internazionale terá pela frente, no dia 22 de maio, a equipe do Bayern München, protagonizando um duelo com muita rivalidade entre italianos e alemães.

Desde já, anuncio: apesar de fã do goleiro Júlio César, torcerei para o Bayern.

Bayern, que disputou a grande final da Liga dos Campeões pela última vez em 2001, contra o Valência, da Espanha, em Milão, empatou no período regulamentar em 1 a 1 e, nas penalidades máximas, ergueu a taça com a vitória por 5 a 4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto