A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

terça-feira, 18 de maio de 2010

LIBERTANDO A SHERAZADE


Nunca me identifiquei com princesas de contos de fadas.

Branca de Neve?

Faxineira de anões? Jamais!

Cinderela?

Infame, apenas uma Amélia que se casou com um Príncipe.

Rapunzel?

Viver presa em uma masmorra? Não faz meu estilo.

Serei uma mulher sem romantismo?

Que nada!

Conquistei a liberdade através da criativade e encontrei uma princesa: Sherazade, a narradora das mil e uma noites!

Conta a história, que Schahriar, rei da Pérsia, sofreu a infidelidade de sua mulher (moderninha).

Após a selvageria de mandar matá-la, resolveu passar cada noite com uma mulher diferente e mandava as degolar na manhã seguinte. (Safadinho!)

Em uma dessas noites recebeu como mulher (que antigo!), a bela Sherazade que “inteligentemente” iniciou um conto despertando o interesse do Rei em ouví-la.

A sábia Sherazade, através da ligação dos seus contos como Aladin, Simbad, Ali Babá entre outros, conseguiu encantar o monarca por mil e uma noites e foi poupada da morte, com o perdão do Rei.

Hoje não vivo pelo Príncipe Encantado, somente conto e produzo em minha vida “Mil e uma noites” com pitada de 'pompoadas', rouge e criatividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto