A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

domingo, 2 de maio de 2010

O que assistir na TV?

PERSIO PRESOTTO

Francamente, meus amigos queridos deste Le Poète en Fleur, há horas em que o desespero é imenso... Domingo à noite, depois da rodada de jogos pelos estaduais ou pelo Campeonato Brasileiro, os amantes da 'gorduchinha' - parodiando Osmar Santos - gostam, mesmo é de um bom debate, de acompanhar os melhores momentos dos clássicos e de apresentar seus pontos de vista - equivocados ou não - sobre os assuntos colocados à mesa.

Sou do final dos anos 70. Bem do final, mesmo. Nasci dia 22 de dezembro de 1979.

Comecei a acompanhar o futebol, como torcedor, de fato, no início da década de 90.

E quer saber de uma, simpático leitor?

Fosse pra levar a sério meu primeiro contato com o esporte bretão, teria ignorado ele no resto de meus dias. Talvez, hoje, escrevesse sobre basquete, Vôlei, Natação, esportes que também aprecio.

A Copa do Mundo de 1990... Sebastião Lazzaroni era o técnico. A Seleção Brasileira não passava o mínimo de segurança... e perdemos, para a arquirrival Argentina, nas Quartas-de-Final, por 1 a 0, gol de Caniggia, que recebeu lindo passe de Diego Armando Maradona...

Fala sério... logo na primeira Copa, com um futebol sofrível fomos eliminados pela Argentina.

Ninguém merece uma coisa dessas, aos 10 anos de idade!

Dois anos após, decidi dar uma nova chance ao futebol.

São-paulino que sou, vibrei com o Tricolor campeão Paulista, da Taça Libertadores e Mundial Interclubes, sob o comando do Mestre Telê Santana e capitaneado pelo camisa 10 Raí.

Empolgado com o 'renascer do futebol' na minha vida, senti falta de alguém pra conversar, compartilhar ideias a respeito.

Foi quando descobri as 'mesas redondas'.



A 'estreia' foi com o "Cartão Verde", da TV Cultura, à época apresentado por Flávio Prado, com os comentários de José Trajano e Juca Kfouri e que também contou com Mestre Armando Nogueira.

Era ótimo!

Programa dominical, por volta das 21h e que não ficava naquela mesmice.

Pena que este "Cartão Verde" foi deixado de lado com o passar dos anos.

Hoje, com Vladir Lemos, Vitor Birner, Sócrates e Chico Sá, o programa é apresentado quase que na madrugada da quinta-feira...

Outras emissoras, como a Rede TV! (antiga Rede Manchete), a Record, a Gazeta e a Bandeirantes tentaram até investir em algo do gênero.

A Band, por muitos anos ficou conhecida como o "canal do esporte" e tinha o "Apito Final" comandado por Luciano do Valle, com um time formado por ex-jogadores, como Gérson, Tostão, Rivellino, que pertencem à geração campeã da Copa do Mundo de 1970, no México.

Foi um modelo aparentemente vitorioso, mas que se evaporou com o tempo.

Outro bom exemplo, que ainda vive, é o popular "Mesa Redonda", da Gazeta, que teve Roberto Avallone como apresentador e, hoje, é capitaneado por Flávio Prado.

Flávio Prado, que, só pra lembrar, deixou o "Cartão Verde" para assumir o "Mesa".



Fora isso, a ideia salvadora, e que é a preferida deste colunista, é o "Linha de Passe", da ESPN Brasil, com o comando de João Palomino e os comentários de José Trajano, Juca Kfouri, Fernando Calazans, Márcio Guedes, Paulo Vinícius Coelho, o PVC, e que, vez ou outra, conta, também, com Mauro Cezar Pereira e Paulo Calçade.

Pena que se trata de uma atração destinada ao público das TVs por assinatura...

Os humildes também merecem e têm direitos, oras pois!

FICHA TÉCNICA
Bom... Bem... para os que ainda não me conhecem, sou jornalista, tenho 30 anos, sou publisher do sítio Mandando Pra Rede - Opinião e Cidadania e colaborador especial de O Boletim. Mantenho um blog que leva o meu nome (Blog do Persio Presotto) e já atuei em diferentes funções em jornais universitários, além de ter sido colaborador, colunista e Diretor de Redação no portal Mídia sem Média.

Hoje, assumo este espaço nobre no Le Poète en Fleur (A Poetisa em Flor), a convite da amável Ana Carolina Sakurá, a quem dedico esta coluna de estreia, como prova do meu eterno carinho e gratidão!

Beijos, abraços e bola pro mato, que o jogo é de campeonato!!!

POR FALAR NISSO...
quem acredita que o Santo André tem chance de roubar o caneco do Paulistinha do Santos?

No meio de semana, pela Copa do Brasil, o Atlético-MG venceu o Peixe - sem Neymar - por 3 a 2, no Mineirão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto