A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Um 0 a 0 pra lá de insosso!



Brasil e Portugal judiaram da pobre Jabulani nesta manhã de sexta-feira.

Um jogo sem sal, sem criatividade e ousadia.

Julio Baptista realizou sua pior apresentação com a camisa da Seleção Brasileira.

Nilmar, durante o primeiro tempo, foi espetacular.

Até carimbar a trave ele carimbou.

Na etapa final, literalmente desapareceu!

Já Luís Fabiano, com a obrigação de voltar para buscar a bola no meio de campo, pouco finalizou.

Maicon, que costuma ter bom rendimento, foi uma negação na defesa e pouco ajudou no ataque.

Já o nervosinho Felipe Melo... é bom nem falar!

Dá desespero vê-lo em campo.

Tudo isso para dizer o óbvio: o famoso escrete canário, sem Kaká, Elano e Robinho praticamente inexiste.

Nossa sorte foi que o 'vaidoso' Cristiano Ronaldo estava um tanto desanimado e atrapalhado em campo.

Agora, é rezar.

Somos os primeiros colocados no Grupo G.

Pegaremos o segundo do H nas Oitavas, que poderá vir a ser o Chile ou a Espanha.

Medo, muito medo, mesmo...

Em tempo: Costa do Marfim goleou classicamente a Coréia do Norte por 3 a 0. Ambas morreram abraçadas.
___________________________________________________
O Blog do Persio Presotto e o Le Poète en Fleur estão concorrendo ao "Prêmio Top Blog 2010", nas categorias esportes e variedades. Para votar, basta clicar no selo à direita da tela, nos topos dos respectivos blogs. Gratos pela preferência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto