A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Internacional Bicampeão da Libertadores



O início da partida entre Internacional e Chivas, do México, no Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre, foi marcado pela ansiedade e o nervosismo.

A equipe Colorada atacava, criava, mas não marcava os gols que desejava.

E o resultado, no primeiro tempo, foi o de 1 a 0 para o clube mexicano, que estufou as redes de Renan aos 45 minutos.

Na etapa final, o Inter decidiu ir para o jogo de modo mais corajoso e responsável, ao mesmo tempo.

Foi quando virou para 3 a 1, com direito a gol de Rafael Sóbis e 'se deu ao luxo de sofrer mais um gol, que em nada o prejudicou para erguer o Bicampeonato da Taça Libertadores e ficar em 'pé de igualdade' com o Santos, de Pelé e atrás somente do São Paulo, Tricampeão continental.

A vitória foi merecida, digna e honrada, para a alegria da Nação Colorada.

Agora, que venha o mundial de Clubes da Fifa, provavelmente contra a Internazionale de Milão, da Itália.
___________________________________________________
O Blog do Persio Presotto e o Le Poète en Fleur estão concorrendo ao "Prêmio Top Blog 2010", nas categorias esportes e variedades. Para votar, basta clicar no selo à direita da tela, nos topos dos respectivos blogs. Gratos pela preferência!

Um comentário:

  1. O Inter mereceu o título, foi um jogo relativamente mais fácil que aquele contra o SPFC. Só acho estranho aquele Rafael Sóbis... num gol importantíssimo para sacramentar o título ninguém veio para comemorar junto. Será que tinha alguma coisa no ar? O clima frio de Porto Alegre teria endurecido os corações? Sei lá...

    Abraços!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto