A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

terça-feira, 31 de agosto de 2010

[Polêmicas] O Fielzão vem ai!

Por DOUGLAS NACIF
Ricardo Teixeira
A copa de 2014 a ser realizada no Brasil, já conhece o nome do estádio que fará a abertura dos jogos, o Fielzão. Sim, desta vez é real, o Fielzão está por vir! A construção do estádio do Corinthians contará com financiamento do BNDES e isenção fiscal.

Vocês consideram os recursos do BNDES como públicos ou privados?
Não há dúvidas, é dinheiro público sim. Mas o BNDES é justamente para "estes fins". Várias empresas usam o dinheiro público do BNDES, sendo que eles não doam, emprestam. Até ai tudo bem!

O Fielzão será construido pela empreita Odebrecht! A Odebrecht é uma gigante que atua em diversas áreas, engenharia e construção, óleo e gás, química e petroquímica, etc - e se espalha pelo mundo. E desenvolve muitas das grandes obras feitas para o governo brasileiro.

O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, afirmou que a CBF e o governo do estado de São Paulo, aprovaram o projeto "Fielzão" sem ao menos vê-lo. Quem teria as informações sobre a nova arena do Corinthians, seria apenas a empreiteira em questão e o próprio clube. Confesso, que esse jeitinho brasileiro de levar as coisas me irrita!

A Agência Estado informou que os R$ 300 milhões para a construção seriam pagos pela empresa, que em troca exploraria o nome da "arena", o chamado naming rights. Retorno garantido? Não é bem assim. Qual seria a motivação da Odebrecht para enterrar seu rico "dinheirinho" no estádio do Corinthians? Caridade? Paixão pelo Timão?

A Fonte Nova foi implodida e o novo está orçado em R$ 591 milhões, o dobro do valor da arena do Corinthians. E olhem que coincidência, a reforma da Fonte Nova será tocado pela, Odebrecht! Como no Brasil existem coincidências...

O que explicaria o estádio baiano, - arena do governo - e que será pago pelo governo, custar o dobro da arena corinthiana - uma arena privada - que seria bancada pela empreiteira?

Difícil entender?
Não! Como o dinheiro na Fonte Nova é do governo, fica mais fácil para a empresa, manipular as contas, certamente. No país das CPI's e corrupções que terminam em pizza, tudo é possível. E tem mais, no estádio da Fonte Nova, toda estrutura já está pronta!

Já no Fielzão não! Todo o estádio será construído. Falo em Totalidade!

Fielzão

No blog do Mauro Cézar Pereira, encontrei a seguinte citação:

Se as licitações de estádios da Copa tivessem uma tabela de "classificação", a Odebrecht lideraria com R$ 2,769 bilhões, quase dez vezes o custo estimado para o campo do Corinthians.

Aliás, o portal Copa 2014 publicou ranking da revista “O Empreiteiro”, e a Andrade Gutierrez aparece abaixo, com R$ 1,9 bilhão. Ela, a Odebrecht e a Delta farão juntas a reforma do Maracanã, a mais cara da Copa: R$ 705,6 milhões que podem virar (já avisaram) R$ 880 milhões. E o Maracanã já está pronto, não é mesmo?

Na Fonte Nova a parceria da Odebrecht é com a OAS, podendo alcançar R$ 1,6 bilhão na reconstrução, acrescenta o site. Há, ainda, participação da companhia na construção do estádio pernambucano da Copa, a Arena Capibaribe, no Grande Recife. Segundo a revista “O Empreiteiro”, as 100 maiores construtoras do Brasil faturaram R$ 54,4 bilhões em 2009. O setor cresceu 15,3%. Crise para as empreiteiras? Jamais, ainda por cima com a farra da Copa.

Por favor, não vamos jogar o nível lá embaixo alegando que é correto porque outros clubes teriam levantado seus estádios com ajuda governamental e existem exemplos absurdos como o Engenhão. O que é errado é errado e erros do passado não podem chancelar novos absurdos. Ou você é tolerante ou adepto do vale tudo, ou do famoso "rouba, mas faz"?


(Trecho em itálico, foi retirado do blog do Mauro César Pereira, jornalista da ESPN)

Meus caros, não adianta nós torcedores discutirmos, se o Corinthians ganhou a abertura da Copa e não o São Paulo, ou a possibilidade da criação de uma segunda arena, a do Palmeias. Temos é que parar e refletir:

- De onde este dinheiro vai sair?
- Quem vai patrulhar este "investimento"?
- Como uma instituição que comanda o futebol brasileiro (CBF) pode apresentar um estádio como abertura da Copa, sem ao menos, ver esse projeto? Credibilidade da empreiteira e de Andres Sanches (?)
- É coincidência Andres ter ficado a frente da comissão técnica da seleção, nesta última Copa na África?

Tenho que ser sincero, quando recebi a notícia que a Copa seria no Brasil, fiquei feliz! Mas, agora realmente começei a entender. Essa Copa aqui em 2014, vai ser prejudicial ao estado e aos clubes brasileiros. Que furada elegerem o Brasil como sede para Copa!

Com esta organização - ou falta dela - que rege o futebol(CBF), que tem um presidente a 25 anos no comando e com nossas políticas públicas, não vamos a lugar nenhum! Por isso peço ao caro leitor, em outubro veja em quem você vai votar, vote conciente!

Se na CBF o "chefão" é ditadorial e não sai, em seu estado e país você pode escolher! Pense nisso. O voto é valioso...

Um forte abraço,

Nacif
___________________________________________________
O Blog do Persio Presotto e o Le Poète en Fleur estão concorrendo ao "Prêmio Top Blog 2010", nas categorias esportes e variedades. Para votar, basta clicar no selo à direita da tela, nos topos dos respectivos blogs. Gratos pela preferência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto