A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

MMDC


ANA CAROLINA SAKURÁ
PERSIO PRESOTTO


Para quem é matemático e lê a abreviação destacada no título desta postagem, lembra dos tempos do curso primário, o momento em que a professora ensina à classe com alunos entre 9 e 10 anos o que é um mínimo múltiplo divisor comum - MMDC.

Aos historiadores, em especial àqueles que moram na cidade de São Paulo, a sigla MMDC é encontrado no mausoléu do soldado, próximo ao Parque Ibirapuera, construído em homenagem aos jovens Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, mortos durante a Revolução Constitucionalista de 1932.

E para estes que escrevem este artigo, qual será o significado para MMDC?

Você faz ideia?

Vamos dizer...

Mil Maneiras de Destruir ou Construir!

Destruir e construir no caso em questão não de coisas materiais, como casas, por exemplo, mas de comportamento, personalidade.

Você, que lê este artigo, pode construir um País melhor ao se comportar como um legítimo cidadão ao zelar pela limpeza do local e comunidade onde vive, ajudando aos necessitados, exigindo segurança, lazer, saúde dos governantes.

E você também pode, é claro, destruir tudo isso, ao não cuidar ou se importar com nada, desrespeitar os outros e causar vários tipos de transtornos às pessoas que o cercam, aos lugares que frequenta, e por aí vai.

Nesta quarta-feira, como todos sabem, Ronaldinho Gaúcho foi apresentado como o novo reforço do Flamengo para a atual temporada. E teve 'torcedor' derrubando portão pra ver o jogador...

Fala sério... derrubar um portão é algo condizente à cidadania?

Não seria, talvez, mais viável ele aguardar pelo abrir de portões e, aí, sim, ir ver o craque?

Voltando a São Paulo, o grande marco dos estudantes MMDC fica marcado como rua que leva seus nomes e, por fim, as vias 23 de maio e 9 de julho, principais na capital paulista, se intercruzam perpertuando-os na história.

Já na ponte aérea, o marco de Ronaldinho Gaúcho foi o espetáculo do absurdo pão e circo. Enquanto a doentia torcida se fazia uma maré fanática e revolta na capital fluminense, a região serrana se dissolvia em um outro mar: o da desolação da chuva,do caos e da morte.

Quais serão os nomes marcados na história?

Serão lamas ou avenidas?

Enfim... Falar o quê?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto