A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

segunda-feira, 16 de maio de 2011

O São Paulo e a dança dos técnicos



De 2009 pra cá, ano em que Juvenal Juvêncio dispensou Muricy Ramalho, o São Paulo contou com Ricardo Gomes, Sérgio Baresi e Paulo Cesar Carpegiani no comando técnico da equipe.

Dois anos em que o Tricolor do Morumbi colecionou fracassos, na palavra do capitão Rogério Ceni, após a eliminação na Copa do Brasil deste ano, frente ao Avaí, na Ressacada.

Enquanto isso, Muricy Ramalho foi para o Palmeiras, já com o Campeonato Brasileiro de 2009 em andamento, e não conseguiu levar o alviverde para a Libertadores.

Ano passado, no entanto, o técnico que rendeu um Tricampeonato Brasileiro inédito para o São Paulo, garantiu a taça ao Fluminense, que amargava um jejum de 26 anos e, além disso, disse um sonoro 'não' a Ricardo Terra Teixeira, presidente da CBF, que o convidara para assumir a Seleção Brasileira.

Já em 2011, o mesmo Muricy, agora no Santos, ergueu a taça de campeão paulista.

E Paulo Cesar Carpegiani, ao que tudo indica, será dispensado nesta segunda-feira, pelo reeleito Juvenal Juvêncio.

Precisa falar mais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto