A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

segunda-feira, 23 de maio de 2011

A realidade sobre a Copa, que poucos querem enxergar!


PERSIO PRESOTTO

Daqui a aproximadamente 3 anos, o Brasil ficará numa festa só em decorrência da Copa do Mundo, evento mais que aguardado e que gera muitos benefícios, interesses e também - por que não? - malefícios.

Quem vê no mundial o lado positivo, não vê a realidade como um todo. É evidente que a Copa no Brasil servirá para alavancar a questão dos empregos, da modernização das cidades, de um investimento apurado nos transportes, na parte hospitalar e na segurança e em outros.

Existe uma série de cursos preparatórios, de empresários que apostam em uma margem de lucro mais que satisfatória antes mesmo de a bola rolar.

Tudo isso é lindo, pertinente e, até a página 20, verdade e aceitável. Mas, e o outro lado da moeda?

Você, leitor, ouviu, por acaso, alguém divulgar alguma espécie de balanço financeiro sobre os gastos em razão da Copa?

Quando no 'Pan-Americano' de 2007, no Rio de Janeiro, o tal balanço foi divulgado somente meses após o encerramento, momento em que o estrago proveniente das obras super-faturadas não tinham mais como serem evitadas.

A pergunta que não quer calar: Acontecerá o mesmo, no que tange à Copa do Mundo?

A torcida deste blog é para que tudo aconteça de acordo com as regras, sem desvios de verba e dinheiro gasto por nada, num país em que a fome, a falta de moradia, educação qualificada são emergenciais, e há décadas.

Mas, e a torcida dos nossos governantes, qual é?

Como todos já sabem São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Salvador, Manaus, Natal e Brasília serão as cidades-sedes da Copa.

Falar na construção de um estádio de futebol em Cuiabá, em meio ao Pantanal, e em Manaus, é uma tolice sem tamanho. Assim como é tolice investir, aqui em São Paulo, num Itaquerão da vida, quando o mais sensato seria reformar e aprimorar o Morumbi ou, quem sabe, o Pacaembu.

Os elefantes brancos e o dinheiro mal usado são alguns dos problemas a serem resolvidos, e pra ontem, nesta Pátria de chuteiras tupiniquim.

Essa verba - no linguajar economês - se assim for aplicada (com coisas sem cabimento e elefantes brancos) será jogada no lixo, e de um modo totalmente irresponsável, sem a possibilidade de retorno para que as necessidades básicas e mais urgentes da nossa população sejam supridas na totalidade ou então numa porcentagem elevada e desejável.

Em matéria publicada recentemente na revista Veja, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirma que muitos vão sorrir e outros tantos vão chorar com a Copa do Mundo. E esse choro, riso, não será por um gol bonito, ou pelo Hexacampeonato. Será, sim, justamente pelos benefícios e malefícios que o evento atrai.

Enquanto as obras super-faturadas são planejadas, favelas e moradias são derrubadas para a construção de elefantes brancos. Situação esta, que deixa ainda mais clara a incompetência dos nossos administradores de plantão e agrava, de forma irreparável uma de nossas muitas carências.

E então, a Copa do Mundo é um bom negócio pra você?




PRÊMIO TOP BLOG 2011: Vote no Blog do Persio Presotto - http:/migre.me/4B8J8

PÁGINA NO FACEBOOK:
http://migre.me/4B8Mb

LE POÈTE EN FLEUR:
http://migre.me/4B8TB

VESTIBLOG@R:
http://migre.me/4B9wQ

NEW WORLD DESIGN E TECHNOLOGY -
http://migre.me/4B9lH

O BOLETIM:
http://migre.me/4B91s

UELTON E ETC:
http://migre.me/4B97B

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto