A Frase

" O resultado fica para a história, o jogo bonito passa "

FELIPÃO
, Técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva, antes da grande final da Copa das Confederações, diante da Espanha, no Maracanã

sábado, 3 de julho de 2010

Dê um Klose na Argentina!

A Argentina de Lionel Messi está eliminada da Copa do Mundo, na África do Sul.

Aquela, que para muitos, era uma final antecipada, acabou num verdadeiro 'tango-alemão' de 4 a 0, com gols de Miroslav Klose (2), Müller e Friedrich.

A grande verdade, se é que podemos falar em verdade num momento destes, é que a poderosa Argentina, treinada por Diego Armando Maradona, demonstrou uma fragilidade muito grande na defesa, coisa que era conhecida por muitos, mas que poucos souberam tirar proveito.

Demichelis, que atua ao lado de Klose e Müller no Bayern München, da Alemanha, foi citado, ao longo da semana, como o homem que seria o responsável por dar as dicas de como anular o ataque alemão. E mais: havia um certo comentário de que, caso tais conselhos não dessem certo, o zagueiro nem precisaria voltar mais para a Argentina.

Ao que tudo indica, Demichelis ficará na Alemanha por um bom tempo, mesmo que ele não tenha sido o único culpado pelo massacre.

A primeira ministra alemã, Angela Merckel, acompanhou tudo das tribunas, ao lado do presidente da África do Sul, Jacob Zuma. E vibrou a cada gol.

Apesar de contar com um elenco de jovens na mão, o técnico Joackim Löw - que na Copa passada foi o auxiliar de Jurgen Klinsmann - soube trabalhar na renovação da equipe, abrindo espaço para promessas como Toni Kroos, Özil e Müller, mas, ao mesmo tempo, mantendo atletas renomados, casos de Philipp Lahm, Schweinsteiger e Miroslav Klose, que, com os 2 gols de hoje, iguala a marca do compatriota Gerd Müller, de 14 gols em Coipas do Mundo e fica a 1 do Brasileiro Ronaldo, maior artilheiro dos mundiais.

Quanto à Argentina, muito foi dito a respeito de Lionel Messi, craque do Barcelona, da Espanha. Eu, inclusive, apostei minhas fichas nele. Mas, a exemplo do que ocorreu com o Frank Ribéry, da França, Wayne Rooney, da Inglaterra, Messi passou em branco, sem sequer fazer um gol, mesmo que tenha colaborado para que outros jogadores balançassem as redes adversárias.

Maradona foi uma grande atração.

Fez caras e bocas na África do Sul.

Sorriu, deu peixinho e até chorou.

Agora, terá de enfrentar a fúria da imprensa argentina, que já o detonava muito antes da Copa do Mundo começar.

Enquanto isso, a Alemanha caminha, a passos largos, rumo ao Tetracampeonato, para se igualar à Itália...
___________________________________________________
O Blog do Persio Presotto e o Le Poète en Fleur estão concorrendo ao "Prêmio Top Blog 2010", nas categorias esportes e variedades. Para votar, basta clicar no selo à direita da tela, nos topos dos respectivos blogs. Gratos pela preferência!

2 comentários:

  1. Deutsch-Champion!
    Zur Freude der Goldfish! Rsr
    Küssen

    ResponderExcluir
  2. Os brasileiros agradecem emocionados a prova de amizade alemã. Melhor tomar uma laranjada do que um chucrute de quatro. Alemanha, danke, danke: wir leben Dich!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário sobre os textos do Blog do Persio Presotto